16 de maio de 2012

*trabalho doméstico??


*definitivamente não é para mim.. adoro ter a casa limpa e arrumada, a roupa lavada e passada e a comida feita, mas sem dúvida que a vontade de fazer tudo isto não me corre nas veias. eu sou mais do género de ter tudo feito sem ter que "pôr as mãos na massa"!
*não me interpretem mal. não acho que ser "dona de casa" seja uma ocupação menos respeitável. muito pelo contrário, admiro imenso quem o faz. o problema é que eu não me consigo ver - nem nunca consegui! -  nesse papel. é um trabalho chato, cansativo, sem qualquer tipo de gratificação pessoal. e pior que isso, não diminui: ou é a roupa para lavar (felizmente que temos máquinas - nem quero pensar o que seria se fosse da época dos "tanques") e passar ou é limpar a casa (convém que seja com regularidade se não quisermos viver em cima de uma nuvem de pó) ou cozinhar (valha-me a santa que isto é todos os dias!).. pfff... chato chato chato..
*volta e meia corre pela minha mente o seguinte pensamento: "ah, quem me dera ser homem" - sim, porque salvo raras excepções, isto cai sempre sobre as mulheres! com tudo o que nos cai em cima (já para não falar do trabalho com os filhos, mas como não os tenho, vou abster-me de comentar), é incrível que se diga que somos o "sexo fraco"!! é preciso ter lata...

*pronto, já chega de me queixar - caso não tenham percebido acabei de tratar da casa e da roupa! vou mas é agora gozar o trabalho feito e "rezar" para que tão cedo não tenha que fazer tudo outra vez - vai ser já na próxima semana, mas tudo bem...

Sem comentários:

Enviar um comentário