14 de junho de 2012

*compras de supermercado


*fazer compras de supermercado na Alemanha é completamente surreal! não pelos produtos ou cenas afins, mas pelo acto de passar os produtos na caixa e arrumar dentro do respectivo cesto ou coisa que o valha. passo a explicar..

*este processo começa logo por ser diferente quanto ao número de caixas para pagamento. existe duas/três caixas no máximo, mas apenas uma está a funcionar, abrindo a(s) outra(s) apenas e tão-somente quando assim for necessário. e essa caixa é ocupada pelo funcionário que se encontra a fazer reposição de produtos. portanto, aguenta na fila e não te queixes.

*chegados à caixa, colocamos os produtos no tapete tal como em Portugal. chega a nossa vez e aí sim, preparem-se que vai começar a festa.. explicando:
  1. não há sacos de papel de graça faz anos - se quiserem levar saquinho (papel, pano ou aquele material mais resistente) pagam, e não são baratos.
  2. como não há sacos, o funcionário também não ajuda a colocar os produtos dentro de coisa nenhuma. e se se comprar o saco, continua a não meter nada lá dentro.
  3. após a leitura do código de barras, temos menos de meio metro de bancada para manter os produtos - não dá para ir acumulando para seleccionar o que vai com o quê dentro do saco.
  4. por último, o funcionário parece um piloto de fórmula 1 a passar os produtos e se não o acompanharem a atirar (literalmente!) as coisas para dentro do carro ou cesto ou whatever, ainda se habilitam a ouvi-los refilar. 
  5. o mesmo se passa para pagar.. eles não gostam de esperar que a pessoa acabe de guardar as coisas e só depois pague. não, primeiro tratas de dar o dinheiro ou cartão e enquanto ele(a) faz o que tem a fazer, nós acabamos de guardar as últimas coisas. ah pois é, aqui não há tempo a perder com gente lentinha e que vai para ali como se fosse para uma passerelle - toca é a despachar que eles não têm a vida toda!!

12 comentários:

  1. Respostas
    1. *antes fosse.. ao início nem queria acreditar.. e as vezes que refilaram comigo também não são poucas. felizmente não percebia o que diziam. eheh..
      *agora já estou habituada, mas é sempre um stress tentar guardar as coisas à medida que eles as vão passando no leitor..

      Eliminar
    2. Isso para mim que até já sou uma pessoa despachada por natureza, iria-me stressar tanto que acabava por fica mais lenta só dos nervos :|

      Eliminar
    3. *loooool não é fácil não. o segredo, descobri, está em dispor no tapete a ordem com que arrumamos. é mais rápido e evita estragar muita coisa. mas ainda assim não é fácil.. é preciso toda uma técnica!! lol

      Eliminar
  2. Não é preciso ires à Alemanha para teres disso... no Minipreço é igual.

    Os sacos são pagos, sempre;
    Não te ajudam a guardar;
    Vá, do mal o menos, tens espaço para seleccionar;
    A minha mãe costuma mandar a boca "estamos numa corrida, a ver se eles mandam depressa as coisas ou se ganhamos nós a arrumá-las". Não querem saber, fazem aquilo à velocidade da luz.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. *os sacos sei que são pagos já em variadíssimos sítios, mas o resto para mim foi surpresa.. e a última vez que fui ao minipreço, diga-se no ano passado, estava tudo na mesma..

      Eliminar
  3. Em França em igual em vários supermercados. O que mais chateia é mesmo ver as comprar acumularem-se no tapete e eu a "correr" a meter tudo dos sacos.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. *é um stress enorme.. principalmente quando eles começam a passar as nossas coisas com as dos outros ainda acumuladas.. detesto detesto fazer compras aqui..

      Eliminar
  4. É bom saber dessas coisas, para se dar valor ao bom que se tem no país.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. *nós temos a mania de nos queixamos de tudo do nosso país, mas acredita que muita coisa boa e avançada tecnicamente temos mais nós que muitos outros países.. desde que estou aqui que me deparo com cada coisa que me faz pôr as mãos à cabeça de tão incrédula que fico..

      Eliminar
  5. Fogo, fiquei cansada só de ler e imaginar!!! Que coisa tão pouco simpática.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. *de facto não é muito simpático não... temos é que nos habituar..

      Eliminar