15 de novembro de 2012

*adeus...



*chegou o telefonema que mais temia pela voz do meu irmão.

*ainda estou na fase de querer acreditar que se trata apenas de um pesadelo e que entretanto acordo e nada disto se passou.

*apesar de triste e com uma dor enorme no peito, a minha avó está em paz agora e é a isso que tenho que me agarrar.

*beijinho grande vó. olha por todos nós até o dia em que nos voltarmos a encontrar. adoro-te!

7 comentários:

  1. Os meus sentimentos minha querida! Já passei por isso e sei que nada neste momento poderá acalmar a tua dor. Força

    ResponderEliminar
  2. Oh... não tenho nada para te dizer! Também já passei por isso e nesta altura nada de o que eu diga acho que te vá aliviar essa dor!

    ResponderEliminar
  3. Sinto muito... Muita força para ti e para a tua família.

    ResponderEliminar
  4. *obrigada a todas pelas palavras de carinho. esta semana não tem sido fácil, mas querendo ou não, temos que tentar reorganizar a nossa vida.

    *beijinhos.

    ResponderEliminar
  5. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar