28 de junho de 2013

*e a chuva


*voltou. a bem dizer, já voltou há coisa de uma semana, mas não tanto como hoje. sempre havia umas pequenas abertas e conseguia sair à rua sem apanhar uma molha. mas hoje não. hoje chove e chove e chove e para fazer uns recadinhos tive mesmo que sair de impermeável e pôr um plástico por cima do ovo para proteger a minha filha da chuva. escusado será dizer que cheguei a casa tipo pinto calçudo...

*apesar deste tempinho horrível e de já ter levado umas vacinas de que não estava à espera - tudo por causa da M., que também levou hoje as primeiras vacinas -, tenham um óptimo dia!! por aqui o café faz as vezes do sol e serve mesmo para aquecer a alma.

27 de junho de 2013

*existe algo melhor que


*dormir a sesta???

*adoro dormir depois de almoço, mas infelizmente nem sempre é possível. mas hoje foi!! lá estava eu a tratar da garota e como ela ficou rabugenta depois de lhe trocar a fralda, deitei-me ao lado dela para a adormecer. conclusão: dormimos as duas, com ela nos meus braços, durante cerca de 3h e ela nem sequer acordou para mamar à hora devida.. fantástico!! soube-me pela vida, que ultimamente isto não tem andado fácil nessa matéria..

*o miar

 


*pensava que tinha uma filha, mas afinal tenho uma gata em casa!! não é que a garota passa a vida a miar?!?!? ora chora, ora mia, mas felizmente mia mais do que chora ou finge que chora. está naquela fase que já percebeu que se chorar tem atenção. mas trama-se que eu já percebi a manha dela e deixo-a a chorar, ou pseudo-chorar, até ela se cansar. claro que quando desata a berrar a coisa muda de figura, mas enquanto isso não acontece, faço o mesmo que ela: pseudo-finjo-que-choro, falo com ela, meto-lhe a xuxa e espero que ela se aperceba que não vai ter colo..

*ontem não consegui fazer nada. passou o dia a berrar como se alguém lhe estivesse a bater. andei com ela de um lado para o outro, dei-lhe mimos, colo e afins. ao fim de muito tempo lá a consegui calar. ao fim do dia voltou ao mesmo e, não fosse o maridaço, entretanto chegado, a ajudar, tinha dado em doida!! valeu-me ainda o passeio que demos..

*por muito que queira estar sempre a dar-lhe mimos, não posso, senão vou ter um grande problema. é que agora passo os dias sozinha com ela e não tenho quem me socorra caso necessite.

24 de junho de 2013

*back to normal


*o mardidaço está de volta e a sogra de partida. finalmente, ao fim de 2 meses, a nossa vida vai voltar ao normal. vou sentir falta da ajuda que tanto a minha mãe como a minha sogra nos deram nestes 2 meses, mas o facto é que já está mais do que na altura de voltarmos à nossa vida normal, com a diferença de antes sermos 2 e agora sermos 3. não vai ser fácil, principalmente porque não temos a quem recorrer no caso de precisarmos de ajuda. mas tudo se faz! já outros o fizeram antes de nós e sobreviveram...

20 de junho de 2013

*pela tv alemã


*estou a ver tv alemã (que remédio!) e no Das Erste (1º canal) está a dar um programa do género dos da manhã e tenho a dizer que ainda conseguem ser priores que os nossos. ora vejamos:

*estão a falar de depilação e de depilação sem dor. aqui começo logo a duvidar da competência da senhora, mas enfim, prosseguindo. o que me faz mesmo impressão é que está um homem, com ar de paniscas (tão mas tão paniscas que se olharmos de repente temos a sensação que é uma mulher, mas de cabelo curto) - NOTA: não tenho nada contra homosexuais, aliás tenho amigos que o são e não me faz qualquer diferença, mas homens com ar de mulheres e mulheres que mais parecem homens isso sim confesso que me faz alguma espécie -, sentado numa marquesa a quem, supostamente, estão a ser testados os produtos.

*depois da depilação segue uma reportagem sobre modelos homens com 59 e 79 anos de idade. a idade começa logo me deixar espantada, mas o que me espanta mesmo é eles serem feios que dói!!! 

*está também uma senhora que decora chinelos, sapatos, cintos, colares com, imagine-se, relva sintética!!! diz ela que aquilo é muito moderno e cheio de estilo!!

*será de mim ou estes alemães são algo estranhos?? não sei se tenho coragem para continuar a ver tv ou pelo menos este canal..

17 de junho de 2013

*há coisas do diabo


*tal como escrevi no post anterior, o maridaço foi em trabalho a Portugal e eu fiquei com a M. em casa. ora, uns dias antes da viagem, ele passou o tempo todo a picar-me, a dizer que ia para a praia, que ia comer isto e aquilo, enfim, que ia aproveitar o bom tempo que aqui não faz e que ia matar saudades das coisas boas do nosso país. claro que isso me deixava fula, não só porque fiquei aqui e não tenho direito ao mesmo, mas também porque este ano não vamos no verão a Portugal, apenas no Natal. então, para o chatear, sempre que ele me picava eu dizia que ia chover a semana toda, que ia fazer frio e que sol nem vê-lo..

*guess what?? não é que ele acabou de chegar ao Porto e diz que está a chover torrencialmente?!?! só me deu vontade de rir.. ele há cada um!!!

*PS: eu prometo que disse aquilo a brincar!!! =)

16 de junho de 2013

*de novo longe


*a esta hora o maridaço vai a caminho de Portugal. vai em trabalho para o Porto e Lisboa e fica por uma semana. há muito tempo que ele não saía para lado nenhum e ficavamos separados. já não estou habituada...

*por a nossa princesa ser tão pequena, eu e ela ficamos cá. também queria ir. não só para matar saudades do nosso país e da família e amigos, e ir comer comer uns petiscos, mas também porque a queria apresentar a toda a gente. já todos a viram graças à magia da internet e às inúmeras fotos, mas "ao vivo e a cores" só mesmo os avós e o tio mais novo. ou nos vêm visitar ou terão que esperar até ao Natal para a conhecerem.

15 de junho de 2013

*quando a mostarda me sobe ao nariz


*não há quem escape: levo tudo e todos à frente. e hoje é um desses dias. a receita para o dia de hoje é, como dizem os brasileiros, "não vem que não tem"!!!

14 de junho de 2013

*à procura de um jardim de infância


*agora que as coisas estão a andar, tenho que começar a pensar em arranjar um jardim de infância ou ama - situação ainda a ponderar - para a minha filha. não que a vontade de a deixar com alguém que não eu seja muita, mas eu preciso, para bem da minha saúde mental, de arranjar qualquer coisa para fazer. estou farta tanto de estar em casa como de ter aulas de alemão, por isso agora quero é arranjar um trabalhinho. e convém não esquecer que a garota também precisa de aprender a falar alemão e não vai ser connosco que isso vai acontecer, como é óbvio.
 
*claro que o arranjar não vai ser para já. o ideal era que ela começasse em Janeiro. nessa altura já tem 8 meses e portanto já tem idade suficiente. claro que para os alemães isso é de loucos, já que há quem fique em casa até que a criança faça 5 anos, mas o normal é mesmo até aos 2. até podia fazer o mesmo, mas ia dar em louca e, além disso, ela precisa de conviver com outras crianças da mesma idade - não quero que seja um bicho do mato..

*ai, mas só de pensar que vai ficar horas sem mim fico com o coração nas mãos. mas é normal acharmos que somos o melhor que pode haver para os nossos filhos e que ninguém cuida tão bem deles como nós. claro que confiamos que tudo vai correr bem e que eles crescem bem e saudáveis, mas para já ainda é muito assustador..

*vou começar a fazer a minha busca, mas sem muita vontade!!

12 de junho de 2013

*update


*nestas duas semanas em que estive "ausente" fizemos a mudança e já arrumamos a casa toda - é o que faz não ter nada mais que nos distraia... ainda nos falta comprar umas coisas, mas para já temos tudo o que precisamos para viver bem e confortáveis, o que falta é só mesmo para compor o espaço.

*lá tivemos que comprar o resto da cozinha e o maridaço acabou por a montar com a mãe - não que a vontade de o fazer fosse muita, mas como nos pediram 450€ para montarem 3 móveis, ele achou por bem arregaçar as mangas e montar ele mesmo. felizmente conseguimos ainda aproveitar uma parte da cozinha que já tinhamos..

*agora entramos na fase de nos adaptarmos à cidade. saímos do paraíso para nos enfiarmos na confusão: sem dúvida que Münster tem uma qualidade de vida que aqui não existe de todo, mas enfim, esta é a realidade agora, portanto mais vale mesmo mentalizar-me e adaptar-me o mais depressa possível.

*já andamos a passear e a conhecer melhor a cidade (Düsseldorf) e os arredores onde vivemos. é uma cidade engraçada, mas com demasiada confusão para o meu gosto - sou mais adepta de cidades pequenas. felizmente é mais internacional que Münster. vamos ver agora como corre esta nova aventura.

*e para terminar, a minha princesa está bem e cada vez mais linda!!! =D

*greve

 

*diz que há greve dos controladores aéreos franceses. resultado? ontem fomos levar o meu irmão e a namorada ao aeroporto e voltamos todos para casa!! agora só mesmo amanhã, espera-se.. aparentemente a greve é de 3 dias (11, 12 e 13), mas parece que estão a desconvocar o último dia. se a coisa não for para a frente, lá voltamos novamente todos para casa...

*apesar de ser contra as greves, percebo a sua existência. mas por amor da santa, será que esta gente, que ganha bem como o raio, reformam-se mais cedo e trabalham menos horas por dia que o comum dos mortais não pensa nos prejuízos que causam a melhões de pessoas?? já não falo dos prejuízos para as companhias aéras, mas sim para os clientes, para os que viajam - quer em trabalho, quer em lazer - para aqueles que têm compromissos e que vêem a sua vida virada do avesso porque meia dúzia de gatos pingados assim o decidiram..

*finally


 *mais de duas semanas depois temos finalmente internet em casa!! eu tinha no telemóvel, mas além de não ser a mesma coisa, as paredes cá de casa são tão grossas que rede 3G quase que era mentira.. 

*é incrível como a internet toma conta das nossas vidas e quando não temos parecemos maluquinhos, e eu, confesso, já andava a bater com a cabeça nas paredes!!!