26 de novembro de 2014

*prendinhas prendinhas


*Natal à porta, Weihnachtsmarkt (Mercado de Natal) na rua e eis que a azáfama das prendas de Natal começou!! já tinha feito algumas coisinhas para a M. oferecer e hoje comecei oficialmente as compras. e já despachei uma boa dose delas.

*andei, pela primeira vez desde há quase 19 meses, sozinha! lá me enfiei no mercado de natal, vi as barracas todas, ou quase, comi umas cenas de massa frita holandesas e comprei aquilo a que me propus. ainda me faltam algumas, mas pelo menos a maioria já está. =)

*ah como é bom passear nesta altura do ano!!

11 de novembro de 2014

*carnaval

*sim carnaval. parece ridículo falar em carnaval nesta altura, mas é verdade.

*ora bem, dia 11 de Novembro, pelas 11:11, ocorre todos os anos a abertura oficial da época carnavalesca. para os verdadeiros amantes da coisa, existem mesmo festas de carnaval neste dia. =P

*é ridículo estarmos já a falar de carnaval quando ainda nem sequer chegamos ao natal e ainda se estão a montar as barracas para o mercado de natal. enfim, é mesmo caso para dizer: "alemanhices"!!!

3 de novembro de 2014

*uma semana


*diz que falta uma semana para a M. ir para a ama...

*dia 10 de Novembro de 2014: o dia em que vou chorar baba e ranho durante todo o tempo em que ela lá estiver.

20 de outubro de 2014

*não há duas sem três!

*depois de ter passado por aquela situação da bomba aqui perto de casa, no dia imediatamente a seguir vejo no FB da cidade que encontraram outra. desta vez não foi aqui mesmo ao lado de casa, mas sim ao lado da empresa do maridaço, que ficava dentro do círculo de maior perigo. lá veio ele recambiado para casa pelas autoridades..

(retirado do FB da cidade)
*diz que a bomba era do dobro do tamanho da outra! felizmente correu tudo bem. só espero que não haja outra nos próximos tempos, que não sei se o meu coração aguenta!!

15 de outubro de 2014

*dia de mais uma bomba!

*foi ontem. e sim estou a falar de uma bomba a sério!

*desde que estou a viver na Alemanha - há mais de 3 anos - que esta é a segunda bomba - o maridaço diz que é a terceira, mas eu não me lembro - a ser encontrada nas cidades em que vivo no momento.

*a primeira foi em Münster, num sábado. eu e o maridaço resolvemos ir de carro até ao centro da cidade - por norma íamos de comboio - e não conseguimos lá chegar. ficámos parados uma hora no mesmo sítio. por isso, voltámos para casa logo que conseguimos sair daquele trânsito infernal. não fazíamos ideia do que se passava e só ficamos a saber uns dias depois: tinha sido encontrada uma bomba da WWII na estação de comboios e a estação estava fechada à espera que a bomba fosse desactivada e removida. 

*ontem foi aqui em Düsseldorf, a menos que uns escassos 500 m da minha casa. e eu sem saber de nada!! bem que andava um carro a passar a avisar, mas como o meu alemão não é grande coisa, especialmente quando vindo de um carro em movimento, não percebi tudo. apenas conseguia perceber: atenção atenção ... blá blá blá ... bomba da segunda guerra ... blá blá blá ... tenham cuidado quando passarem ... blá blá blá. nunca me passou pela cabeça que nos estavam basicamente a mandar sair desta área enquanto a desactivavam e removiam. ao que parece iam fazer o serviço às 16h e era coisa para demorar cerca de 30 min, e eu só depois da hora do suposto término é que dei conta. e foi porque vi no FB. será pedir muito a estes atrasados mentais que quando se trata de uma coisa desta gravidade avisem também em inglês?! eu sei que eles não gostam, mas existem muitos estrangeiros a viver neste país e nem todos falam a lingua ou falam e percebem mal. 

(imagem retirada do FB da cidade.
eu vivo dentro do segundo círculo da zona de perigo!)
*bom, seja como for, a coisa correu bem, caso contrário eu tinha sentido a explosão e quiça levado com alguns estilhaços em cima. espero não apanhar mais nenhuma. estou farta de bombas para o resto da minha vida!!

1 de outubro de 2014

*contagem decrescente


*bem, ainda não verdadeiramente, mas lá muito perto. 

*logo depois das férias do verão e do meu aniversário (em Setembro), o meu cérebro dispara e começo a pensar no ... Natal!! sim, eu sei que ainda é cedo e que faltam cerca de 2 meses e meio, mas não consigo evitar. tanto assim que já comprei um presente, já ando a pensar no que oferecer  e já comecei a preparar os postais de Boas Festas - como são "feitos" pela M. é coisa para demorar algum tempo...

*daqui a um mês e meio "monto" o Natalinho cá em casa, pouco depois temos o mercado de Natal (Weihnachtsmarkt) durante todo o tempo do Advento, com aquele cheiro típico no ar e os enfeites que dão aquele não-sei-quê de especial. e, claro está, Natal significa estar com a família e amigos. 

*com tudo isto, como não hei-de ansiar pela sua chegada?!?!?

30 de setembro de 2014

*fingers crossed


*estamos oficialmente à espera que nos arranjem uma ama para a nossa filha. para o infantário estamos à espera há mais de um ano e como ainda vai demorar - só em Março sabemos se entra em Agosto - resolvemos que iríamos nos entretantos tentar arranjar uma ama para que a garota aprenda a língua  e se vá começando a habituar a estar com outras pessoas e com outros miúdos. esperemos que não demore muito, mas como estas coisas aqui tendem a demorar...

25 de setembro de 2014

*tipo furacão


*quando me sobe a mostarda ao nariz é melhor deixarem-me passar que sou tipo furacão: levo tudo atrás de mim. e hoje foi o dia! 

*há um ano que vivemos nesta casa e há um ano que vamos vendo que afinal aquilo que nos disseram ou não se aplica a todos ou só nós é que somos tratados de forma diferente. por isso, hoje quando dei conta de mais uma, passei-me e aí vai disto: escrevi um email enorme com tudo aquilo que tinha entalado. só espero é que me respondam e que tratem de resolver os assuntos pendentes, pois caso contrário parte-se-me o verniz de vez!!

*insónias

*estou acordada há horas. e não consigo voltar a adormecer.

*acho que não demora muito até começar a bater com a cabeça nas paredes, mas enquanto não faço isso vou beber um copo de leite e "rezar" para que faça efeito e caia que nem pedra na cama. 

9 de setembro de 2014

*voos


*depois de ter estado novamente em Portugal para o casamento do meu irmão, estou de regresso a casa e, desta vez, até ao Natal. por norma tenho sempre sorte com os voos. ok atrasam uns minutos, mas nada de especial. desta vez, e para ambos os lados, a coisa não correu assim tão bem. começando pelo início:
  1. na ida para Lisboa, estávamos já a fazer a "rotunda" ali na Costa da Caparica quando continuamos a dar voltinhas na rotunda. sim, continuamos às voltas sem percebermos bem o porquê, até que o comandante diz que houve um problema com um avião e que teríamos que aguardar para saber se podíamos ou não aterrar. passados 10 minutos, volta a comunicar que não vamos conseguir aterrar entretanto e que, como tal, temos que ir a Faro abastecer. notícia melhor era impossível!! bom, lá fomos e quando chegamos já tínhamos outros aviões em fila para abastecer e voltar para Lisboa. não pudemos sair do avião o tempo todo. 2 horas depois lá voltamos a levantar voo em direcção a Lisboa e desta vez conseguimos aterrar. mas 2 horas e meia depois da hora prevista de chegada. ora bem, um voo que devia demorar 3h, demorou 5 horas e meia. 
  2. na ida para Düsseldorf, estacamos já dentro do autocarro quando nos mandam sair porque não havia tripulação para o nosso voo e não sabiam quanto tempo demorava a arranjar. lá voltamos para a zona de embarque à espera de novas notícias. uma hora depois da suposta hora de partida, lá nos informam que vamos embarcar dentro de 10 minutos. já no avião, informou o comandante que um dos membros da tripulação adoeceu e tiveram que o substituir. com esta pequena brincadeira, chegamos 2h mais tarde que o previsto.
*é chato perder um dia nestas andanças, mas, a bem da verdade, que todos os problemas com os voos sejam de meros atrasos!!

22 de agosto de 2014

*i´m back


*diz que estou de volta a casa. na verdade, já cheguei há uns dias - dia 16 para ser mais exacta - mas doente (com bronquite), com a casa para arrumar (o maridaço esteve uma semana sozinho, pelo que ficou tudo mais ou menos de pantanas) e um tempo que me deixa em fúria (vim do sol e calor, para me enfiar ao frio e à chuva), não tenho tido tempo para vir dizer um olá.

*as férias correram bem. duas semanas no Algarve, uns dias em Lisboa e outros em Leiria. fiz praia, apanhei banhos de sol, descansei, passeei, comi e vi a família e alguns amigos. e ao que parece até tive sorte com o tempo, sem, é certo, ter apanhado aquele calor abrasador.

*agora estou de volta à vidinha do costume, se bem que não a 100%, já que daqui a uma semana estou de volta a Leiria para o casório do meu irmão. por isso ainda estou assim meio cá meio lá, sem me sentir totalmente cá. para já estou meio zen, depois é que entro nos eixos. 

22 de julho de 2014

*malas prontas


*diz que vamos novamente de férias. e é verdade. por isso lá estou eu a preparar as malas de toda a gente. já está quase tudo pronto, ficando apenas a faltar aquelas pequenas coisas que só mesmo no dia da partida conseguimos/podemos enfiar para dentro da mala.

*desta vez vamos para Portugal!! eu e a M. vamos já amanhã - para a M. aproveitar uns dias de praia com os meus pais - e o maridaço vai só no início de Agosto. ah que o tempo nunca mais passa... estou deserta de aterrar em Lisboa!

17 de julho de 2014

*bodas de neve



*ontem - 16 de Julho de 2014 - celebrámos o nosso 3º aniversário de casamento! e como forma de "comemoração", decidimos fazer uma pequena visita à terra que nos acolheu durante os dois primeiros anos de casados e onde a nossa M. nasceu: Münster!

*não fizemos nada de lamechas, mas apenas aquilo de que gostamos: passear. as saudades de andar por ali eram muitas e com o dia de sol fantástico que esteve, foi um dia muito, mas mesmo muito!, bem passado. é bom fazer o que gostamos e voltar aos locais onde fomos felizes!!

*parabéns a nós por mais um ano e venha o próximo!!

14 de julho de 2014

*do mundial


*ora parece que a Alemanha ganhou. e ainda bem. =)

*devia haver muita gente a torcer pela Argentina, mas eu estava e estarei sempre - salvo contra Portugal - a torcer pela Alemanha. afinal, não só é o país que me acolhe como foi onde a minha filha nasceu, por isso, viva eu onde viver, a Alemanha terá sempre um lugar especial no meu coração. 

8 de julho de 2014

*S. Pedro, o bipolar!

(Photo by R!)

*porque neste país chove que se farta e faz muito frio, uma pessoa tem mesmo que pensar no que veste e calça, pois se há coisa de que ninguém gosta é andar a tremer.  

*assim, e porque o outono não tarda aí - até diria que já cá está, porque verão é coisa que não vejo, mas enfim - já comprei estas galochas para a M. e com o extra de trazer um forro para os meses mais frios. segundo os entendidos, as galochas tanto podem ser usadas no inverno como no verão, bastando apenas tirar o forro. 

*ora, como a garota ainda está a crescer, decidi comprar umas maiores para ter a certeza de que conseguia usar durante todo o inverno e primavera. mas pelos vistos pensei mal na coisa: é que ela precisa delas agora!! já tiveram dias fantásticos de sol e calor e eu pensei que tinha vindo para ficar, pelo que pensei em começar a ver do que ela precisa para os tempos mas frios, pois vem sem que se dê bem conta disso. mas bem que me lixei. tem chovido a rodes e agora preciso das galochas para andar com ela a passear na rua, mas ela não as consegue usar.

*este S. Pedro já parava para pensar no que anda a fazer.. é que assim não dá amigo!!

7 de julho de 2014

*desabafo


*e confesso que é mesmo isto que sinto agora pelo meu irmão. não é que aquele palerma tem sempre pressa para casar e decide a coisa e avisa com cerca de um mês de antecedência?! não sei o que raio vai na cabeça dele e da mulher para decidirem tudo às três pancadas. 

*não é a primeira vez que faz uma destas. da primeira vez, avisou-me no dia 14 que ia casar a 12 do mês seguinte. cerimónia pelo civil e, segundo as palavras dele, "não vamos fazer nada de especial, por isso não precisas de vir". como devem calcular, não fui. não porque tinha algo mais importante para fazer, mas sim porque vivo no estrangeiro e com um "convite" daqueles não vou a lado nenhum. lá casaram.

*depois da filha nascer, decidiram que iriam casar pela igreja e baptizar a miúda no mesmo dia. até aqui tudo bem. o problema é que decidiram que o iriam fazer no próximo mês. e decidiram nem há uma semana atrás. ligou-me a 5ª feira a perguntar até quando estava em Portugal. na 6ª foi à igreja e verificou que só daria mesmo duas semanas depois de me ir embora. basicamente, vou para Portugal entretanto, fico três semanas e no final do próximo mês tenho que voltar para o casamento. e ainda por cima convidou-me para madrinha. não fosse ele meu irmão e mandava-o para um sitio que eu cá sei...

1 de julho de 2014

*safety tat

*volta e meia lembro-me de um episódio de um miúdo alemão, com cerca de 6 anos, perdido no Chiado. tentei ajudar, mas eu não falava alemão, nem as pessoas que estavam por ali, e ele não falava inglês. acabou por ficar com um segurança do Chiado, que ia tentar arranjar alguém que conseguisse falar com ele e tentar saber alguma coisa dos pais. foi um stress.

*por isso confesso que desde que a M. começou a dar os primeiros passos, ainda que de modo muito incerto e que a cada 6 fosse com o rabo ao chão, me assaltou um "pânico" de que ela se pudesse perder quando estivéssemos na rua e ela já andasse sozinha, ainda que "meio torta"

*foi então que, ao desfolhar uma revista, me deparei com as safety tat. são tatoos, porque podem durar vários dias, mas são removíveis assim que se queira. basicamente aquilo cola-se numa qualquer parte do corpo e depois escrevemos o nosso número de telefone. just in case, tal como eles dizem.
Safety Tat

*como sabem, fomos de férias há uns dias e achei que seria uma boa altura para experimentar a safety tat. coloquei-a, ainda cá em casa antes de sairmos para o aeroporto, e ela aguentou-se no braço da M. até voltarmos - 7 dias. aliás, até fui eu que a tirei, caso contrário aquilo continuava lá colado.

*felizmente não tivemos que testar a eficácia da mesma, mas tenho que dizer que o simples facto de saber que poderia ser facilmente contactada por quem a encontrasse caso ela se perdesse me deixou bem mais descansada. claro que não foi por isso que deixei de ter mil olhos em cima dela ou que a perdi de vista por um segundo que fosse. não, longe disso. mas o que é certo é que me tirou um peso de cima por saber que, pelo menos, e porque os acidentes acontecem, fiz o que podia para a proteger o máximo possível.

*como a M. não se queixou de ter aquilo no braço e não a tentou tirar, e como eu me senti mais descansada com o uso da safety tat, vou voltar a comprar mais outros dias de férias ou para qualquer outro evento mais populoso. 

*infelizmente não estão à venda em Portugal, mas podem-se comprar facilmente na internet. pode ficar mais caro por causa dos portes internacionais, mas, bem vistas as coisas, não há como pôr um preço na segurança dos nossos filhos.

30 de junho de 2014

*estamos de volta


*as férias infelizmente acabaram e nós estamos de volta à chuva!! coisa triste esta: saímos do quente e sol para nos virmos enfiar no frio e chuva novamente. bom, o que vale é que daqui a pouco mais de 3 semanas estamos de novo de férias, mas desta vez em Portugal.

*estes dias souberam mesmo bem. claro que não deu para descansar verdadeiramente como queríamos - é o que dá andar com uma criança de 1 ano atrás! -, mas ainda assim foi muito bom. fizemos praia, piscina, passeamos um pouco, fomos ver os animais e dormimos muito - eis a vantagem de viajar com uma criança: quando ela dorme a sesta, nós também dormimos!!

*lá para o final do ano começamos a planear as próximas! isto de fazer nada de nada é mesmo muito bom !

*fotos?? aqui:




(Photos by R! - Costa Calma, Fuerteventura, Ilhas Canárias)




(Photos by R! - Oasis Park, Fuerteventura, Ilhas Canárias)

24 de junho de 2014

*so true!


*e é mesmo!!! praia, piscina e descanso.. tudo o que estava a precisar. e ainda temos mais uns dias pela frente!! =)

17 de junho de 2014

*DEU vs POR


*diz que perdemos 4-0... nem sei o que dizer mais quanto a este assunto. principalmente depois de o ter visto no meio de uma porradona de alemães.

*ontem, depois do jogo, nem queria acreditar que tínhamos jogado tão mal. mas agora, enquanto vejo a repetição - sim talvez seja masoquismo da minha parte, mas já que os alemães estão a repetir o jogo, aproveito para ver melhor o que aconteceu no sossego da minha casa - começo a achar que não jogamos tão mal na primeira parte quanto pensava. 

*tivemos imensas oportunidades, principalmente no início do jogo - o próprio comentador alemão diz que a Alemanha tem tido sorte, quer por marcar, quer por não sofrer -, mas uma concretização já não tão boa. ao invés, eles lá iam acertando na baliza. parece-me que a coisa começou a descambar após os 30 minutos de jogo. logo a seguir vem o segundo golo e a expulsão do Pepe. depois disto, e com menos um jogador, quem é que de facto acreditaria que conseguiríamos dar a volta por cima?! a esperança é sempre a última a morrer, mas eles não entraram com o espírito que se esperava e aquela segunda parte foi um pesadelo.. 

*agora é esperar que consigam recuperar a moral e que consigamos ganhar os próximos jogos e passar a fase de grupos. tenho tudo para acreditar que é possível! =)

13 de junho de 2014

*eyes on the road

*há anúncios/publicidades/simples chamadas de atenção que valem bem a pena. este é um deles!


*se é certo que temos de estar SEMPRE atentos, agora com as férias essa necessidade é ainda maior. afinal há muito mais gente na estrada e tudo com uma enorme ânsia de chegar o mais rápido ao destino para gozar de umas merecidas férias.

*para os que vão agora e para os que vão depois, boas férias!!

10 de junho de 2014

*tempestade


*ontem à noite, por volta das 21h, começou um vendaval do pior. eram rajadas de vento terríveis, relâmpagos e muita chuva. quando olhei para o jardim do prédio nem queria acreditar no que estava a ver. a árvore enorme que lá temos abanava por todo o lado e só pensava que ia sair dali a voar. felizmente não. durou cerca de três horas e voltou novamente em grande às 5h por mais duas horas. eu que acordo com qualquer coisa, já nem consegui voltar a adormecer.

*hoje de manhã quando saí à rua quase nem a reconheci: plantas por todo o lado, árvores no chão, o trânsito infernal - o maridaço demorou duas horas a chegar ao trabalho, quando em dias normais leva apenas 15 minutos! - e os bombeiros que não param de passar. o metro está cortado e ao que parece o aeroporto fechou durante algum tempo durante a noite. 

*depois de um dia de sol fantástico e de muito calor (30º), não esperava uma coisa destas. o meu telemóvel bem que me avisou, mas nunca pensei que fosse assim..

6 de junho de 2014

*demasiado dada??


*diz que a minha filha é um doce (süß). não são palavras minhas, mas sim dos alemães com quem nos cruzamos e que se metem com ela. até aqui tudo bem: ela é de facto um doce! =) mas começo a achar pouca piada ao "comportamento" dela quando interage com outros. 

*as pessoas falam com ela, mandam beijinhos e ficam deliciadas. ela responde lá na sua linguagem muito própria (a de uma criança de 1 ano - 13 meses para ser exacta), manda beijinhos, ri-se muito e se se meterem o suficiente ainda estende os braços a pedir colo. valha-nos o carrinho, que lá enfiada dentro não vai a lado nenhum! mas e quando andar?? ela já anda sozinha, mas como é ainda muito trapalhona, só a tiro do carrinho quando vamos passear, pois quando tenho que fazer alguma coisa (compras por exemplo) não sai lá de dentro, por muito que me estenda os braços.

*será isto normal?? não era suposto as crianças desta idade terem medo dos estranhos e como tal não lhes estenderem os braços?? ou é só se as tentarem agarrar?? 

*bom, pelo sim pelo não, vou ter que começar a ter olhos de lince..

*aroma fresquinho


*haverá lá cheiro melhor do que relva acabadinha de cortar?!

*finalmente o jardineiro aqui do prédio dignou-se a vir cortar a relva. e logo após ter feito o serviço e ir-se embora, pude ir para a minha super varanda aproveitar não só a vista, mas também o belo aroma que vem dali..

*hmm, como é bom começar assim o dia!

5 de junho de 2014

*começam os preparativos


*vamos ter umas mini férias dentro de 15 dias precisamente. decidimos ir fazer aquele tipo de férias em que não fazemos rigorosamente nada. vamos para fora - ou seja, não ficamos na Alemanha, mas também não vamos a Portugal, já que aqui temos sempre que visitar as capelinhas todas e não é isso que queremos - apanhar sol e fazer praia/piscina.

*como agora temos a M., para onde quer que vamos ela vai também, logo a logística é totalmente diferente e a tralha muito maior. por isso vou começar agora os preparativos. já comecei afazer a lista para que não me esqueça de nada e começar a comprar aquilo que obrigatoriamente temos que levar: fraldas, comida para ela, brinquedos, blá blá blá... a criança bem que é pequena, mas espaço não haja dúvida de que ocupa e muito!

*ah que nunca mais chegam esses benditos dias... 

4 de junho de 2014

*as minhas Paez!

[Photo by R!]

*finalmente chegaram e tenho a dizer que são a coisinha mais confortável que alguma vez calcei!! são suaves, adaptam-se perfeitamente ao pé e são super leves. ah bichinho bom... 

*e porque é bom demais, vou já tratar de ir escolher os modelitos seguintes. =)

*ah minhas Paez, mas porque é que não vos descobri à mais tempo?!

3 de junho de 2014

*cérebro baralhado


*isto de falar várias línguas deixa o cérebro tonto de todo. e ultimamente isto tem-me acontecido com uma frequência assustadora. 

*ainda à pouco liguei para um hotel onde vamos passar uns dias de férias a confirmar a reserva. sendo que é em Espanha, e o meu espanhol é mais portinhol, para não haver falhas de comunicação falei em inglês. mas está claro, falar em inglês com um espanhol é preciso algum exercício de concentração. ele lá ia falando com aquele sotaque tão característico e ia misturando inglês com espanhol. 

*depois liguei para um restaurante português aqui na Alemanha. atendem em alemão, claro, mas todos falam português e eu falo sempre em português. mas desta vez, dei por mim, a começar a falar em alemão, passando para o inglês e por fim, depois de uma curta pausa, lá consegui falar em português. 

*'tadinha da minha massa cinzenta.. tem dias que é um sossego e outros que é uma baralhação.

2 de junho de 2014

*Aristides


*acabei de ler há alguns dias o livro "O Cônsul Desobediente", de Sónia Louro. como todos, ou quase todos, os portugueses, já sabia o papel desempenhado por Aristides na fuga de milhares de refugiados. não sabia contudo as tramas da história nem as consequências dos seus actos.

*durante a leitura do livro, dava por mim ora sorrir para o que ele fazia, ora a expressar em voz alta os meus sentimentos por tudo quanto era descrito. além de muito bom, era-me impossível parar de o ler, só o fazendo mesmo por necessidade.

*é incrível como puderam os nossos representantes na altura, deixar um homem que deu tanto de si e ajudou tanta gente, acabando mesmo por dar uma imagem positiva de Portugal, morrer na miséria, apenas e tão só, porque ao salvar tanta gente, foi contra as ordens de Salazar. e mesmo tendo passado os últimos anos da sua vida sem a mulher, os filhos e na miséria, nunca, mas nunca se arrependeu um segundo que fosse dos seus actos. 

*é um livro que vale muito a pena ler. e não só para enriquecermos a nossa história. afinal temos tanta e conhecemos tão pouco.

*vale a pena também ver o site da Fundação.

1 de junho de 2014

*dia da criança

*hoje é dia de celebrarmos todas as crianças. afinal elas são o mais puro que existe, fazem-nos sorrir e são a esperança de um futuro melhor. 

*mas também precisam de brincar! e por isso, o presente do Dia da Criança para a M. foi isto:

{Photo by R!}
*se ela gostou?? adorou! =) quando viu, a primeira coisa que fez foi apontar e dizer "qué"

29 de maio de 2014

*primeiro estranha-se, depois entranha-se


*diz que hoje é o Dia do Pai na Alemanha e feriado. e para celebrar o segundo Dia do Pai do ano - para nós, que celebrámos o português -, e porque o maridaço está por casa, para o pequeno-almoço fiz panquecas. e pela primeira vez, também a M. comeu uma. fiz uma pequenina para ela, sem qualquer tipo de topping e cortei aos bocadinhos. primeiro estranhou, mas depois comeu o resto deliciada. já diz o ditado: primeiro estranha-se, depois entranha-se! =)

28 de maio de 2014

O que é ter sucesso?

"Rir muito e com frequência; ganhar o respeito de pessoas inteligentes e o afecto das crianças; merecer a consideração de críticos honestos e suportar a traição de falsos amigos; apreciar a beleza, encontrar o melhor nos outros; deixar o mundo um pouco melhor, seja por uma saudável criança, um canteiro de jardim ou uma redimida condição social; saber que ao menos uma vida respirou mais fácil porque você viveu.

Isto é ter sucesso!"

by Ralph Waldo Emerson

*varanda a postos

[Photo by R!]


*ainda que agora estejamos em modo "sem sol e chuva a toda a hora", já tenho a minha varanda pronta - quase a bem da verdade, já que ainda quero fazer mais umas coisinhas, mas para já serve - para começar a aproveitar esta pseudo-Primavera que por aqui se faz sentir. claro que há sempre dias melhores que outros, mas sendo que não está frio e não levamos com a chuva na tola, sempre vai dando para ir aproveitar o espaço com vista para o jardim.

*a M. também adora estar lá fora, mas sem ter onde sentar o rabo, acabava por não passar lá muito tempo. claro que vou ter arranjar qualquer coisa para a entreter sem ser andar agarrada à mesa. só espero é que o maridaço goste da surpresa - sim, porque ele não sabia de nada! - e decida passar lá tanto tempo quanto eu.

*o meu pequeno-almoço já foi tomado "ao fresco da manhã", se bem que mais tarde do que o normal, mas mesmo assim soube muito bem. e a partir de agora, e enquanto estiver quentinho, vai passar a ser sempre lá fora. bom dia!! =)

27 de maio de 2014

*bom dia!!


*chove desde que acordei e o dia está cinzento que dói. but .... who cares?! é um belo dia para fazer tantas coisas!! =)

26 de maio de 2014

*"tia" outra vez


*sou tia de uma menina e "tia" de outras duas. e agora vou ser "tia" de mais uma criancinha - e diz que é provável que seja outra menina.

*só tenho a dizer: me happy!!! =)

*eleições


*consigo ficar cada vez mais espantada com o povinho. não votam, mas depois queixam-se que os políticos isto e os políticos aquilo. de facto, temos os políticos que merecemos e a política que merecemos. 

*voto desde sempre e nunca deixarei de o fazer, a não ser, claro, que esteja impossibilitada de o fazer por qualquer razão imperiosa. votar é um direito, é certo, mas mais do que isso, é um dever. e por isso não consigo compreender quem não o faz. "não ligo a isso", "são coisas que não me interessam", "tenho mais que fazer", etc etc etc. um rol sem fim de desculpas da treta. é por essas e por outras que não surgem nem opções frescas válidas, nem se pode exigir o melhor do melhor e que acabam por ter assento parlamentar partidinhos de porcaria - para não dizer outra coisa.

*mas não só em Portugal. aparentemente foi por todo o lado. pequenos partidos que põem em causa direitos dos cidadãos e que em nada contribuem para a harmonia europeia - antes pelo contrário! - ganham lugares parlamentares. um dia destes temos por aí um novo Hitler e depois ainda vêem perguntar como é que isso aconteceu.

23 de maio de 2014

*ai ai S. Pedro


*toda a gente se queixa e com razão: este tempo anda louco e deixa-nos completamente à beira da loucura!!

*Maio começou com chuva todos os dias e a toda a hora, depois de termos um final de Abril quentinho e a anunciar que a Primavera estava mesmo para ficar. depois veio o sol e umas temperaturas maravilhosas para aproveitar o jardim cá de casa. agora, ora está sol e calor, ora chove como se o mundo fosse acabar. de um momento para o outro temos ora Verão ora Inverno.

*eu até nem sou daquelas pessoas que está sempre incomodada com o tempo: se é Verão, estão fartos e querem é Inverno; se é inverno, fartam-se e querem que chegue o calor depressa para irem para a praia. não; para mim todas as estações têm o seu tempo e há que saber aproveitá-las ao máximo. mas querido S. Pedro ou é Verão ou é Inverno. não gosto cá de misturas que nos fazem ficar indecisos sobre o que levar quando saímos à rua.

*equipados

[Photo by R!]

*e já chegou o nosso "equipamento"! eu e o maridaço estamos prontos para o mundial. =) 

*a M. é que não tem nada apropriado, mas tendo em conta o que se encontra disponível (ver aqui), arranjei-lhe um vestido vermelho muito fofinho. é mais ao género do benfica, mas não interessa nada. vai linda linda e com uma das cores de Portugal e isso é que interessa! =)

*bom dia


*chove, mas está quente. apesar disso, tem tudo para ser um bom dia! afinal somos nós que "fazemos" o nosso dia!! =)

22 de maio de 2014

"Somos todos políticos"

"Esperar que um povo de bandidos eleja políticos sérios é tão idiota quanto querer fazer uma boa laranjada com laranjas podres. É por isso que eu não compreendo porque é que os portugueses se queixam dos políticos que elegem há 40 anos.

É verdade que Portugal não é um país de bandidos. Nem de laranjas podres. Mas também não me venham cá com histórias. Neste país não mora (e nem sei se algum vez morou) um nobre povo. E o Zé povinho só não é mais trafulha e estouvado porque não pode.

É fácil imaginar o mecânico que não passa facturas a aceitar subornos se fosse ministro. Ou a esteticista que fez férias na neve 5 anos seguidos (mas que agora se queixa que a vida está difícil), a construir estádios, rotundas ou a contratar o Abrunhosa para a festa da autarquia. Já para não falar daquele taxista que me tenta levar 40 euros do aeroporto até ao Marquês quando lhe falo em inglês. A esse, imagino-o a aldrabar as contas públicas com receitas “extraordinárias”.

Portugal tem um pobre povo de porreiros. Praticantes do desenrascanço e filhos da Chica Espertice Laxista. Mas exigem ser representados por nobres e cavalheiros messias enviados do espírito santo.

A verdade é que os políticos portugueses e o povo português são iguaizinhos. Tudo tinta da mesma paleta. É por isso que os primeiros representam sublimemente os segundos. E os segundos merecem bem os primeiros. Ou não fosse isto uma democracia.

O político que promete e não cumpre, é cara chapada daquele médico que nunca começa a consulta à hora marcada. Mas a culpa não é dele. É sempre do paciente anterior. Eu acho que já ouvi esta desculpa em qualquer lado...

O ministro vassalo que adora agradar a estrangeiros, é tirado a papel químico do português que se excita quando um jornal ou revista internacionais dizem que Lisboa tem as melhores esplanadas do mundo. Não é que a validação externa seja importante para eles. Mas massagem no ego vai sempre bem. Principalmente quando este é minúsculo.

Também tenho a certeza que a secretária que leva o economato da empresa para casa e a executiva que factura jantares com a família aos clientes, são muito parecidas com a ministra que usa dinheiros públicos para despesas pessoais. Ambas acham que são coisas insignificantes. E que por isso ninguém repara. E aquele empresário que paga parte dos salários com facturas em almoços para não pagar Segurança Social e ainda deduzir o IVA? É tal e qual o autarca que cria empresas municipais para esconder dívida ou o ministro que arranja um fundo de pensões para mascarar o défice do ano. São todos gestores criativos. Ou, em bom português, “dão um jeitinho”.

Se calhar estou a exagerar. São só exemplos pequeninos. E se calhar não contam. Porque em Portugal há muita coisa que não conta. Só conta o que dá jeito contar neste país do faz de conta. E se calhar até estou a generalizar. Porque o povo não é nada assim. Claro que não! Neste país nem é preciso sortear automóveis para civilizar contribuintes...

Em 40 anos de democracia, Portugal ia falindo 3 vezes. Os portugueses acham que a culpa é dos políticos. Eu não acho. Porque sei que quem mora num bairro de barracas não pode esperar uma administração do condomínio da Quinta da Marinha."
by Nuno Ferreira in Público
- / -

*há sempre excepções, mas a verdade é que ele tem razão em muito do que diz. e desde que vivo no estrangeiro, para o bem e para o mal, que cada vez tenho mais essa opinião. não é que, no meu caso, os alemães tenham mais virtudes, não, mas pensam de forma diferente e isso nota-se na qualidade de vida que têm e no que conseguem alcançar.

*bom dia


*e que seja um óptimo dia!! =)

21 de maio de 2014

*forca?!?!?

*como toda a gente sabe, o mundial está à porta e eu, como tantos outros, quero estar devidamente equipada para ver os jogos de Portugal. e claro, também quero que a M. esteja, por isso fui à procura na net de uma coisa fofinha para ela usar no dia dos jogos. eis que senão quando me deparo com isto:

Retirado daqui: Amazon DE

*ora bem, serei a única a ver aqui um problema?? já aumentei a imagem, já esfreguei os olhos,  já descansei os olhos antes de olhar bem para ali - porque podia ser problema da minha visão! - mas aparentemente não é: leio sempre FORCA!!! 

*pois é meus amigos, a Amazon DE tem há venda t-shirts para homem e mulher e bodys para bebé a dizer FORCA! Portugal 2014...

*sim eu sei que eles provavelmente - assim o espero! - nem tão pouco sabem o tamanho erro que fizeram, mas ainda assim. já tentei fazer uma reclamação a explicar o problema, mas não encontro contacto de e-mail para enviar, por isso acabei por o fazer num dos produtos. pode ser que alguém leia...

19 de maio de 2014

*porque ajudar não custa


*sou sócia desde miúda. os meus avós acharam por bem fazer as duas netas - apenas as raparigas - sócias da Unicef. 

*hoje é a vez da M.. acabei de receber o e-mail de confirmação de adesão a sócia da minha filha. =) desde que ela nasceu que a queria fazer sócia, mas o tempo ia passando, passando... mas lá acabei por fazer o pedido de inscrição dela e hoje recebi a confirmação. 

*porque no fim de contas, ajudar não custa!

*maravilha


*e é mesmo! para ela, por muito pequenas que possam ser as coisas, tem tanto a descobrir.. mexe, rasga, atira, chocalha, etc etc etc.. e é tudo tãoooo especial!! =)

16 de maio de 2014

*he´s back


*parece que queixar-me do tempo surtiu efeito.. hoje o dia acordou bonito, o sol brilha lá fora e as temperaturas subiram. e segundo o meu super telemóvel, vão continuar a subir nos próximos dias, pelo que se tudo correr bem, este fim-de-semana vai ser qualquer coisa como: "piscina, aqui vou eu!!".

*me happy!!! =)