24 de março de 2015

Germanwings

Diz que um avião da Germnwings se despenhou em França. Ia de Barcelona para Düsseldorf. 

Tenho visto a reportagem da CNN. Apesar de se repetirem um pouco, deixam no ar algumas questões pertinentes: porque não fizeram uma aterragem de emergência no aeroporto que ficava a 30 milhas do local onde caíram ao invés de continuarem por mais cerca de 100 milhas quando já tinham sido demonstrados alguns problemas com a velocidade? qual a razão para se terem despenhado já durante o voo, quando o mais normal é acontecer durante o levantar ou a aterragem? porque não houve contacto por parte dos pilotos quando começaram a perder altitude muito depressa? 

Independentemente das razões, que não saberemos tão cedo, o certo é que receia-se que 150 pessoas - 144 passageiros, 2 dos quais bebés, 2 pilotos e 4 tripulantes - tenham morrido. Embateram numa das montanhas dos Alpes e mesmo que até tenham sobrevivido alguns, a equipa de socorro não consegue chegar depressa por causa do tempo - zona de ski que está de momento cheia de neve!

Esta notícia toca-me pessoalmente. Não conheço ninguém que estivesse no voo (que eu saiba!), mas vivo em Düsseldorf e quer queira quer não, para quem viaja de avião com alguma frequência, como eu,  dificilmente não fica abalado com o que aconteceu. Principalmente quando se está à procura de voos para ir a Portugal nas férias e a Germanwings ser uma das opções.

Sem comentários:

Enviar um comentário