20 de março de 2016

Welcome welcome



Finalmente Primavera! O tempo já está mais quente, o sol já brilha (quase) todos os dias, as flores já começaram a desabrochar. Tudo está mais bonito, mais alegre, mais cheiroso, mais mais mais... =)

10 de março de 2016

Acordar (ou não)


Só tenho gente preguiçosa em casa. O maridaço leva 500 anos para se levantar: sempre que o acordo, a resposta dele é "mais 5 minutos". E estes 5 minutos convertem-se em 30 se não andar sempre a chamá-lo. Hoje a M. faz algo de muito semelhante, e ainda nem 3 anos tem: vou acordá-la e ela, com o ar mais descansado do mundo e super confortável na cama, diz-me "mais um pocaninho"!!! Olha a lata! É mesmo filha do pai dela!!! As coisas para que estou guardada! =)

2 de março de 2016

Gratitude Journal


Comecei ontem o meu primeiro Livro de Gratidão. Comecei a fazê-lo como parte do desafio Berra-me Baixo, da Mom´s the Boss. Diz que ao escrevermos as coisas - boas - pelas quais nos sentimos gratos no nosso dia-a-dia nos faz ser mais positivos e a estarmos mais conscientes dos prazeres da vida. E estas coisas boas podem ser qualquer coisa; a única "regra" é que nos façam sentir gratos por existirem.

Antes de decidir escrever o Livro da Gratidão, fui pesquisar sobre isso primeiro. Há quem escreva uma vez por semana, outros apenas algumas vezes por semana e outros fazem-no numa base diária. Nas minhas pesquisas, encontrei umas dicas para quem o quer fazer. São estas:

5 Tips to start a daily Gratitude Journal

* Set a daily time for a journal writing.

* Everything counts, from beautiful scenery to modern day conveniences.

* Write with love and joy. Focus on what makes you feel good and want more of.

* Elaborate in more detail about the thing that earns extra gratitude.

* As you write,be aware of the depth of your gratitude  for certain things. 

O meu objectivo é escrever diariamente, mas não o vou impor a mim mesma, porque já sei que quando faço alguma coisa por obrigação, depressa a deixo de fazer. Por isso vou levar este pequeno projecto de forma muito descontraída - tal como o meu Journal, que não escrevo sequer todos os dias.