11 de janeiro de 2017

Resoluções de Ano Novo


Diz o ditado, ano novo, vida nova, e com ele novas resoluções. E eu, como certamente toda a gente, também fiz as minhas. E uma delas passa por ensinar o meu filho mais novo, de quase quase 8 meses, a dormir sozinho, ou melhor, a adormecer sozinho e a não acordar durante a noite, de preferência.

Ele sempre foi difícil de adormecer. Só podia ser eu a pô-lo a dormir, tinha que lhe tocar e segurar as mãos, etc. E com a ida a Portugal pelo Natal a coisa piorou. Agora o segurar as mãos já nem sequer bastava; tinha mesmo que me deitar ao lado dele, caso contrário chorava gritava o tempo todo.

Não podíamos ficar assim eternamente e então decidimos - mais eu a bem da verdade! - dar-lhe o tratamento do método Estivil. Tentei começar ontem durante o dia, duas vezes, mas o rapaz chorou durante uma hora seguida, pelo que desisti. Pensei que talvez o método só funcionasse à noite. Então à noite lá fomos. Berrou, berrou, berrou. Fomos ao quarto sossegá-lo e mostrar-lhe que não tinha sido abandonado e assegurar o quanto era amado, etc etc. Não fizemos segundo os períodos de tempo recomendados no livro, pois era impossível ouvi-lo a gritar de tal maneira que parecia estar a ser maltratado - valha-nos as paredes serem bem grossas e não passar nada para os vizinhos -, mas a coisa lá acabou por funcionar. Ele lá adormeceu sozinho e dormiu quase quase a noite toda.

Hoje, para dormir durante o dia, fiz o mesmo. De manhã adormeceu ao fim de quase 20 minutos. Agora, à tarde, nem 5 demorou e nem sequer cheguei a ir lá dar-lhe a lengalenga. =O

Espero/desejo que ele aprenda a adormecer sozinho e que não faça nenhum retrocesso, que todo este processo é muito desgastante para todos. A irmã também levou o mesmo tratamento, mas ela era muito mais tranquila e menos birrenta que ele.

Sem comentários:

Enviar um comentário